segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Sentimentos

Às vezes me pergunto onde Deus está em certas situações e dificuldades? Ele me disse: Filho eu estou no lugar e no espaço que você separou pra mim quando tomou as suas decisões.” (Samuel Barbosa)


Boa tarde minhas queridas e queridos leitores desse blog.
Primeiramente, eu quero falar que estou amando poder partilhar, trocar experiências, tem feito muito bem para mim, a sensação é, “porque não fiz o blog antes?
E uma coisa que eu sempre falo para o amado, que não importa o que você tem nada vida, e sim o QUEM você tem na vida. E eu agradeço muito a Deus por ter conhecido vocês. Alguns momentos de dor, me lembro de ter lido o blog de algumas de vocês e ter encontrado várias palavras que me trouxeram conforto, paz, e eu espero de coração que vocês possam encontrar o mesmo aqui. Porque aqui tem sido um grande aprendizado para mim.
O mais legal é que eu não conheço ninguém pessoalmente, mas então pouco tempo, eu aprendi ter um amor, um carinho que vocês não imaginam o quanto.
Agradeço mesmo de coração, e continuem me visitando, que eu adoro ser visitada e adoro visitar.
Boa leitura!

Sábado – 25/02
Amanheci meio estranha, pensativa, pedindo a Deus muita serenidade. Como de costume, liguei para ele, saber como estava o trabalho, se já tinha almoçado.
Ele estava na correria. No meio do assunto, ele fala “já estou cansado dessa vida, eu quero por um ponto final nisso, assim como me cansei do crack, da maconha, me cansei também da cocaína”. Eu respondi, realmente, precisa por um ponto final, mas não será de tanto eu falar, da sua mãe ou seu pai falar, tem que partir de você, e se você conseguiu superar o crack, conseguirá superar a cocaína.
Eu fico feliz de saber que ele tem essa consciência, mas falo que não é de tanto eu falar, porque isso é com qualquer pessoa.
Hoje, eu aprendi ter um entendimento, que a única pessoa que consegue convencer a outra do que é errado é o nosso Poder Superior.
Ele falou que às vezes espera uma compreensão da mãe dele, mas infelizmente ela não o compreende. E ele sabe que ela me liga para falar dele, mas eu não vou ficar falando isso para ele, para não arrumar confusão, no momento (na minha opinião), tenho que ter uma posição de pacificadora, porque eu vou ficar colocando lenha na fogueira, e os dois vão acabar se machucando, e não é isso que eu quero.
Fala que é fácil compreender um dependente químico, não, não é fácil, mas também precisamos nos esforçar. Porque tem horas, que também não somos fácil de sermos compreendidos.
Conversamos bastante. E depois que ele saiu do trabalho ele veio em casa, mas era fato que a presença dela estava lá. E ele falava que queria conversar comigo, mas eu estava irredutível por saber que ele estava drogado. E ele insistindo, mas eu não cedia, até que me venceu pela insistência. Vamos conversar.
A todo momento ele falava, eu quero parar, eu não agüento mais. E eu só conseguia ficar quieta, sem reação.
Ele me falou que não gosta de me ver chateada, e eu falei, que eu não fico mais, porque é uma escolha dele usar, eu vou respeitar, e que irá sofrer as conseqüências do uso será ele, mas que é necessário ele tomar uma posição, ter uma responsabilidade, que eu não sei quanto que ele gasta com droga, mas lá na frente pode ser um dinheiro que faça falta, que hoje não o atrapalha no rendimento do trabalho dele, mas pode atrapalhar futuramente. Conversamos por horas e horas, mais ele falava do que eu, pois eu estava travada.

E no meio da conversa, ele lembrou do um companheiro da clínica, que na sua época ativa, sua esposa teve que fazer tratamento com psiquiatra por conta de suas crises, começou tomar medicação controlada. E no meio desse turbilhão, ela foi para exterior estudar. Só que ela esqueceu o remédio dela, e ela surtou por falta do mesmo.
Ai, de lá do exterior, ela ligou para ele na clínica, e falou: “Me perdoa por todas as vezes que eu te julguei, porque agora eu estou vendo como você fica sem a droga. Eu esqueci meu remédio ai no Brasil e estou surtada, agora eu entendo como você se sente. Me perdoa.”
Na hora meus olhos se encherão de lágrima. E ele falou, “eu só quero que você se esforce um pouco para ficar comigo, porque eu sei às vezes eu não te dou atenção, e eu quero te dar. E eu quero conversar com você e quero você fale comigo, pois você é a única pessoa que me compreende ou tenta me compreender.”
E disse mais, que quando morou em Fortaleza, assistiu uma palestra de um tetraplégico, e que o mesmo falou que o segredo do futuro é o diálogo.
Foi forte te escutado isso. Porque às vezes, como mãe, esposa, namorada, amiga, só pensamos nos nossos sentimentos de raiva, e não pensamos na luta interna que eles tem com eles mesmos.
Daí tem pessoas que falam: “usam drogas porque é sem vergonha, porque não querem trabalhar, são vagabundos”, mas infelizmente dependência química é uma doença, e infelizmente eles a contraíram.
Existem pessoas que contraíram o vírus da AIDS, porque seu parceiro(a) teve um relacionamento extra conjugal, e nem por causa disso são pessoas de má índole.
Depois de ter ouvido aquilo, só me restava dar um abraço. E conversar de maneira gentil!
Voltamos para casa, ele foi dormir, eu fiquei assistindo televisão. Depois ele levantou, assistiu TV comigo. Minutos depois, disse que estava com fome e com um pouco de dor de cabeça, preparei umas bisnaguinhas e um comprimido para dor. Ele continuou lá comigo.
Fui me preparar para dormir, ele disse que queria sair para buscarmos um lanche. Buscamos, ele comeu e depois foi dormir e eu também.
Domingo – 26/02
Almoçamos, tomamos açaí (amamos) no final da tarde. À noite passamos na casa dele, passamos no mercado, ele comprou maracujá, pois estava com vontade de tomar suco.
Me disse que hoje voltaria para o boxe. Quer fazer o possível para voltar a freqüentar as reuniões e partilhar com um amigo do NA.
Brincamos, rimos, falamos sobre Deus, ouvimos o CD que nós gostamos de ouvir indo para o trabalho.
Tudo tem seu tempo. Não é de tanto falar, é de apenas pedirmos a Deus para abençoar e cuidar, que Ele com certeza faz a parte dele.



Senhor Deus Pai, nós clamamos Senhor pela tua direção, e nós pedimos perdão pelas nossas falhas Senhor, em nome de Jesus; passa teu sangue e teu fogo sobre nossas vidas, em nome de Jesus, apaga dos ares toda acusação contra nossa vida, toda escrita de dívida seja arrancada agora das mãos de satanás e que os teus anjos estejam jogando isso no mar do esquecimento, em nome de Jesus Cristo, muito obrigado Senhor, pela tua graça e pela tua misericórdia, porque a tua palavra diz, de acordo com Hebreus 4:16 que nós podemos entrar no trono da graça confiadamente, afim de receber graça e misericórdia, e socorro em tempo oportuno, em nome de Jesus, Pai, nós sabemos que a tua palavra é viva e eficaz e tomamos posse dela sobre nossas vidas, em nome de Jesus.” (Rodolfo Abrantes – Contigo à Mesa – Oração Introdutória)
Segundo ele, quando está mal, ele ouve esse CD e se sente muito bem. E ele gosta muito dessa oração, por isso resolvi compartilhar com vocês.
Só por hoje, eu deixarei tudo nas mãos do meu Poder Superior, e viverei um dia de cada vez, na certeza de dias melhores.
Os nossos maiores problemas não estão nos obstáculos do caminho, mas na escolha da direção errada.
Ninguém pode decidir mudar a sua história, só você mesmo
.” (Augusto Cury)

12 comentários:

  1. Olá amiga,que post sereno, é exatamente assim que me sinto.. vc sabe colocar as palavras certas,estou me sentindo muito bem em dividir meus sentimentos, e o mais incrivel é que não conheço ninguém também..e as vezes parece que somos velhas amigas.. já pensou se morassemos perto?? ia ser muito legal trocar essas experiências pessoalmente, ia ser tipo clube da luluzinha..rsrs..
    Bem, seu amado esta se esforçando para fazer as coisas certas, eu torço muito para que ele consiga, pois para quem conseguiu sair do crack acredito que a cocaina seja mais fácil, mais tarde vou escrever um pouquinho também..
    Se cuida meu anjo..
    Grande abraço,
    Tamojuntas!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Biaaaa, é tão bom te ver por aqui!
      Torço muito pela recuperação do seu esposo, e acredito que em tempo recorde acontecerá!!!

      Aiiiiii, ia ser tudo de bom partilharmos todas juntas, acho que abririamos uma sala...hahahahaha
      Eu espero um dia poder conhecer vc!

      Vou esperar seu post querida.

      Grande beijo
      Tamo juntas!

      Excluir
  2. "Um dia você nos amará de um modo muito especial, do mesmo modo que já amamos você"
    Essa é uma parte do acolhimento feito aos recem-chegados nos grupo Nar-Anon, e que hoje eu faço sempre questão em dizer aos recem - chegados que chegam aqui ou no grupo... Viu, hoje vc entende esse amor com o qual te acolhemos, é um amor incondicional, um amor sem julgamentos!
    Te amo companheira!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dispensa comentários né!
      Não é um amor com troca de interesses, e sim um sentimento puro e sincero.

      Amo vc!

      Excluir
  3. Oi Mariiiiii, amei seu blog, como é bom ter mais hostórias para eu ler, amo essas partilhas, isso me ajudou muito e vejo que tbm te ajudou!
    Fique com Deus amada
    Grande Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii Jé,é muito bom partilhar e saber que estamos ajudando ao próximo com as nossas partilhas.
      Isso me revigora, e me motiva cada dia mais.

      Amém, vc também.
      Grande beijo e boa semana

      Excluir
  4. Saudações, amiga!
    Compartilho de seus sentimentos e digo que sei exatamente a dor de ambos...tanto a sua, quanto a dele.
    Entretanto, continue acreditando que MILAGRES existem, pois eu sou um.
    E o mais lhe será revelado.
    Abração e TAMUJUNTU.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu creio companheiro! Eu creio que dias melhores estão por vir!
      E creio que o milagre vai acontecer!

      Abraços,
      SPH

      Excluir
  5. Ola querida.. Sou nova por aqui.. Tambem escolhi viver ao lado de um DQ.. Mas nossa vida cheia de altos e baixos, as vezes me sinto tão só,sem ter com quem partilhar meu problema, pq as pessoas que não conhecem e não convivem gostam de julgar, então sou eu minha dor e meu amor.
    É incrível como suportamos viver assim .. uma hora plenamente feliz e outra de amargura e impotencia.. Meu marido esposo namorado é um DQ, só eu sei dentro de casa, no trabalho na familia é adorado por todos acham q ele se recuperou, pois ja foi internado 2 vezes, pessoa maravilhosa, humano chora atoa com os problemas dos outros, trabalhador disposto, nada falta em nossa casa nos damos tão bem! Mas ele se tranca no banheiro por horas... ele não é desses q desaparece sabe? É dentro de casa, eu sem saber o q fazer .. ja fiz de tudo ignorei.. briguei.. fugi.. ele reconhece sua condição, me promete fazer o tratamento completo, que ja não aguenta mais se ver assim e me ver assim.. quer deixar umas coisas arrumadas antes da internação acredito até final de março ja esteja internado.. mas enquanto isso não acontece minha vida esta um inferno.. estou grávida de quase 4 meses, trabalho, mas a situação esta insuportável pois ele me ve mau se sente mais mau ainda .. As vezes fica nervoso pela situação eu me sinto intrusa, vontade de ir embora, mas não tenho forças para abandona-lo, sei q foi ele quem escolhe usar, sei que tem uma doença, eu realmente não sei o que fazer..
    Estou orando e pedindo a Deus forças e serenidade para saber conduzir a situação.. Mas as veses é tão dificil....
    Um grande abraço guerreira!!!
    Muita paz.. bjos bjos!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amiga JN, imagino a sua dor.
      Porque quando a crise vem, é muito difícil sair dela.
      Mas, o que posso te aconselhar, é cuidar de você, pois está grávida. E graças a Deus que ele irá se internar, se puder agilizar para ele se internar antes, melhor ainda, porque sabemos que tanto você quando o seu marido estão sofrendo. É sim uma situação caótica, mas foi como eu falei em um dos posts, eu acredito muito na recuperação de qualquer pessoa, e acredito que seu marido irá se recuperar.

      Mas, nesse momento, cuide de vc, cuide do pré natal, e entregue seu marido nas mãos de Deus, peça para Deus abençoá-lo, para convence-lo de se internar antes, para que a mente dele venha se abrir e que Deus esteja cuidando dele nesse momento critico, pois você também precisa se cuidar.

      E se vc escolhe amá-lo, como eu também escolhi amar o meu, sabe que as lutas elas vem, mas Maior é aquele que está em nós, do que aquele que está no mundo.

      Um grande abraço. Se cuida, cuide do seu bebê.
      E precisando, pode passar por aqui.
      Estarei orando por vcs

      Beijoos
      Serenidade

      Excluir
  6. OLá querida Mari, como sempre seus posts são luz no caminho.
    Escolher amar realmente é bem mais difícil que abandonar, veja
    que a própria mãe dele julga e você com sua maturidade assume
    uma postura de pacificadora,parabéns.
    BJs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso que querida fenix é dificil, não amar, mais sim pensar em qual atitude/postura tomar diante da mãezinha dele.

      E não posso pensar só em mim, porque dependendo da minha postura afetará ele.

      Mas, graças a Deus, Ele tem me dado sabedoria para sair dessas saias justas..rs

      Grande beijo

      Excluir